top menus Página inicial Imprimir página Enviar para uma amiga Fale conosco Mapa do site Configurar como Página Inicial  
imagem top_menu_oque_on imagem top_menu_comotratar_off imagem top_menu_especialista_off imagem top_menu_depoimentos_off imagem top_menu_bemestar_off imagem top_menu_faq_off imagem top_menu_falecom_off
imagem left oque e
imagem enquete top
Você já teve cistite pelo menos uma vez na sua vida?
+Sim
+Não
imagem enquete e bottom
imagem left quiz
imagem informativo top
E-Mail
imagem informativo top
imagem miolo top

Como prevenir

A Importância da prevenção
Mulheres com Infecções Recorrentes do Trato Urinário podem ser aconselhadas a tomar algumas medidas para prevenir reinfecções

Medidas Higiênicas e dietéticas

1. Aumento da ingestão de líquidos:
- O aumento do fluxo urinário, produzido a partir do aumento do consumo de líquidos, é um dos fatores que mais protegem das reinfecções. Este hábito estimula a produção de urina e favorece a eliminação das bactérias que estejam na bexiga. Urinar em intervalos de até 4horas, tem sido uma recomendação freqüente dos médicos.
- O consumo de alguns alimentos tem sido associado à proteção das vias urinárias quanto a infecção, como o Cranberry e o Mirtilo, que são frutas a partir das quais se pode obter sucos.

2. Urinar após a relação sexual:
Embora estudos clínicos não tenham provado que o ato de urinar após a relação sexual possa prevenir as infecções, os profissionais de saúde freqüentemente recomendam estas medidas, uma vez que não causam prejuízo algum à saúde. A lógica desta orientação se fundamente no fato de que a região perineal é colonizada por bactérias e durante o ato sexual há mobilização destas para a uretra e bexiga.

3. Usar roupas que permitam a transpiração
Habitualmente roupas de algodão permitem a boa transpiração da região perineal, devendo ser evitadas as roupas de nylon e tecidos que a impeçam.
Algumas mulheres têm o hábito de usar absorventes íntimos mesmo fora do período menstrual. A secreção vaginal pode ocorrer sem que isto seja uma doença, o corrimento patológico, costuma se apresentar associado a outros sintomas como coceira, odor fétido e dor vaginal por exemplo. Nestes casos o ginecologista deverá ser procurado e recomendará o tratamento específico. Quanto ao uso do absorvente diário, esta condição pode dificultar a transpiração local, além de modificar o ambiente favorecendo a proliferação de colônias bacterianas.

4. Alterações no método contraceptivo
Mulheres que utilizam espermicidas, particularmente aquelas que também usam diafragmas, devem ser encorajadas a utilizar um método alternativo de contracepção.

5. Cuidados na higiene pessoal
É recomendado lavar a região perianal após as evacuações, esta medida pode prevenir o aumento do número de colônias bacterianas na região, o que pode ser significativo para proteção de novos episódios.Nas mulheres, embora muito difundido, é necessário reforçar o fato de que a higiene após a evacuação deve ser no sentido de anterior para posterior, evitando a trasnferência de bactérias da regial perianal (ao redor do ânus), para a vagina. Vale lembrar que a grande maioria das infecções urinárias são causadas por bactérias intestinais.

6. Uso de Imunoestimulantes
É sabido que a infecção urinária de repetição pode estar associada a fatores imunológicos, de tal forma que para pessoas com tendência a desenvolver Infecções Recorrentes do Trato Urinário, o uso de imunoestimulantes, uma classe de medicamentos que ajuda a reforçar o sistema de defesa do organismo, pode ser de grande ajuda.


Veja também:



imagem miolo bottom o que e Imprimir Enviar para uma amiga Fale Conosco
mapeamento mapeamento mapeamento
login top
login top
right sites right selos right apoio right selos mapeamento mapeamento
imagem footer
mapeamento mapeamento mapeamento mapeamento